• tags

  • contemporâneo

  • Mostras de arte contemporânea, isto é, arte produzida agora. Certo? Também. A categorização temporal “arte contemporânea” muda dependendo do autor e historiador, contudo costuma-se adotar a metade do século XX como marco de início: o fim da segunda guerra mundial e a expansão da arte pop. A partir desse momento, as práticas artísticas foram se transformando a ponto de criarem formas e estratégias que até então não eram totalmente compreendidas como arte: minimalismo, arte conceitual, performance, land art, instalação, arte postal etc. Além da cronologia, talvez a principal característica que consiga reunir manifestações artísticas tão diferentes é a ampliação de materiais, formas e assuntos com os quais a arte passou a trabalhar. As fronteiras entre os campos de conhecimento se dissolvem, as técnicas se misturam e não é mais só a pintura, a escultura, a gravura e outras formas tradicionais que são encaradas como arte.


  • Centro Cultural Justiça Federal

  • Katia Wille – Fluxofloração

  • Galeria Leme

  • Ana Elisa Egreja – Jacarezinho 92

  • Galeria Marcelo Guarnieri Rio

  • Marcus Vinícius – A Cor das Escolhas (amarelados, azulados, avermelhados, esverdeados, cinzentos e multicoloridos)

  • Baró Galeria Jardins

  • Almandrade – O Conceito Entre o Verbo e a Visualidade

  • Baró Galeria Jardins

  • Paulo Nenflídio – 4,33 Metros

  • Cavalo

  • Vijai Patchineelam – od danas do sjutra

  • Caixa Cultural São Paulo

  • J. Borges – 80 anos

  • Caixa Cultural São Paulo

  • Feres Khoury – Kinográficos. Mobilidade.

  • Itaú Cultural

  • Narrativas em Processo: Livros de Artista na Coleção Itaú Cultural

  • Centro Cultural Justiça Federal

  • Galeria Transparente – Update

  • Carbono Galeria

  • Paulo Pasta – Seis Variações

  • Galeria Virgílio

  • Raros, Vintages & Inéditos 2

  • Casa Triângulo

  • Nino Cais – Ópera do Vento

  • Red Bull Station

  • Luisa Puterman – Moto Perpétuo

  • Red Bull Station

  • Gabriel Menotti – Aproximadamente 800cm3 de PLA

  • Zipper Galeria

  • Mario Ramiro – Improvável

  • Galeria Jaqueline Martins

  • A Gentil Carioca Jaqueline Martins

  • Caixa Cultural São Paulo

  • Jorge Bodanzky – In Natura

  • Caixa Cultural São Paulo

  • Aquilo Que Nos Une

  • Nara Roesler

  • Sérgio Sister – Pintura com ar, sombra e espaço

  • Galeria Marilia Razuk

  • Babel: Drawings by Johanna Calle

  • Galeria Jaqueline Martins

  • Letícia Parente – Eu Armário de Mim

  • Galeria Nara Roesler SP

  • Daniel Buren – Prismas, Cores e Espelhos: Alto-Relevo > Trabalhos Situados

  • Galeria Fortes D’Aloia & Gabriel

  • Efrain Almeida – Instâncias do Olhar

  • Mul.ti.plo Espaço Arte

  • Chico Fortunato – Linhas que Flutuam

  • Athena Contemporânea

  • Joana Cesar – A Ponte (onde ele disse que eu não posso ir)

  • Galeria Millan

  • Nelson Felix – Variações para Cítera e Santa Rosa

  • Paço Imperial

  • Luiz Ernesto – Antes de Sair

  • Paço Imperial

  • Evany Cardoso – O Traço de União

  • Paço Imperial

  • Gustavo Rezende – Amor Sagrado Amor Profano

  • Nazareno – A Experiência Geográfica

  • Galeria Estação

  • Manuel Graciano e Neves Torres – Bicho, Pedra, Planta

  • Galeria Raquel Arnaud

  • A Matéria da Cor

  • Blau Projects

  • Renata Cruz – Para Sempre E Um Dia

  • Galeria Superfície

  • Rodrigo Garcia Dutra – Da Iniciativa Utópica (Permissão em Cadência)

  • Instituto Tomie Ohtake

  • Yoko Ono – O Céu Ainda é Azul, Você Sabe…

  • Museu de Arte Sacra

  • Elisa Stecca – Silencio

  • MAM Rio

  • Nelson Felix – Trilha para 2 lugares e trilha para 2 lugares

  • Galeria Eduardo Fernandes

  • Daisy Xavier – A Natureza Muda de Lugar

  • Galpão VB

  • Nada Levarei Quando Morrer, Aqueles Que Me Devem Cobrarei No Inferno

  • Instituto de Arte Contemporânea

  • Fiaminghi – Pensamentos Compostos

  • Sesc Belenzinho

  • 13ª Bienal Naïfs e Evidências

  • MAC USP

  • Os Desígnios da Arte Contemporânea no Brasil

  • MASP

  • Quem Tem Medo de Teresinha Soares?

  • Capela do Morumbi

  • Sara Ramo – Para Marcela e as Outras

  • MAC USP

  • Hugo França – Um Tronco Para Exu

  • Estação Pinacoteca

  • Metrópole: Experiência Paulistana

  • MAB FAAP

  • Eterna Trilogia / Obras-primas

  • Casa do Povo

  • Yael Bartana – Assim Elas Comemoram a Vitória

  • Pinacoteca

  • Arte no Brasil: Coleção Roger Wright – Anos 60

  • Pinacoteca

  • Arte no Brasil: Coleção Nemirovsky – Arte Moderna

  • MAC USP

  • Visões da Arte no Acervo: 1900-2000