• tags

  • moderna

  • Como o que ocorre com muitas definições artísticas, também existem interpretações diferentes sobre o surgimento e caracterizações da arte moderna. Contudo, podemos localizar os principais contextos e motivações dela na Europa do século XIX, em meio à revolução industrial e o aparecimento das fábricas, de novos meios de produção da imagem, de novas tecnologias, da intensificação da circulação de pessoas e mercadorias etc. Os artistas começavam a pintar seus trabalhos ao ar livre e as obras a adquirir aspectos estéticos que provocavam o público, até então acostumado a associar o belo e a arte à algo que imitava a realidade e falava de temas nobres. A arte moderna passa a lidar com a cultura de massa e diluir a hierarquia entre ela e a arte tradicional. Já no século XX, aparecem as vanguardas modernas, movimentos artísticos que propunham novas diretrizes políticas, artísticas e estéticas para a arte do novo século. Aos poucos, esse cenário prepara o terreno que possibilitará a compreensão de arte que temos hoje.


  • Anita Schwartz Galeria

  • Molde – Conversas em torno da escultura e do corpo feminino

  • CCBB SP

  • Cícero Dias – Um Percurso Poético

  • Dan Galeria

  • Victor Brecheret – Encantamento e Força

  • Galeria Bergamin & Gomide

  • Maria Leontina

  • Galeria Almeida e Dale

  • Vicente do Rego Monteiro – Nem Tabu, Nem Totem

  • Caixa Cultural São Paulo

  • Fronteiras, Limites, Interseções: Entre a Arte e o Design

  • Um Galeria de Arte

  • 5 artisti brasiliani geometrici

  • Instituto Tomie Ohtake

  • Invenções da Mulher Moderna, Para Além de Anita e Tarsila

  • Pina Luz

  • Arte No Brasil: Uma História Na Pinacoteca De São Paulo

  • Pina Luz

  • Arte no Brasil: Coleção Nemirovsky – Arte Moderna

  • MAC USP

  • Visões da Arte no Acervo: 1900-2000